Confiança ainda ressabiada

 O Cruzeiro já tomou corpo e vestiu a camisa de 2012, agora precisa formar a sua alma.

Washington Alves // VIPCOMM

 Estou gostando, por enquanto, do que estou vendo. Tanto na estrutura completa do clube quando no comprometimento de alguns no time. Não posso dizer ainda que goooosto, mas já começam a passar confiança.

 A começar pelo presidente Gilvan. Durante as eleições ano passado, muitos apostaram nele pela boa indicação de quem o conhecia e outros tinham medo dele ser uma “marionete” do Perrella. Porém o Dr. Gilvan se mostrou ideológico e independente em suas ações, lutando pelos seus interesses até o fim, ou não teria sido ousado o bastante para permanecer com o Montillo no clube celeste recusando milhões em uma época que o dinheiro não estava lá essas coisas e até peitando muita gente por aí. Quando vi o Dr. Gilvan falando na missa de ação de graças pelo aniversário do Clube já havia ficado muito confiante por suas palavras e agora, depois de toda turbulência, confio ainda mais. Mas vamos aguardar.

 Além da mudança na presidência, tivemos também a chegada do Alexandre Mattos, que ainda não teve tempo de trabalhar, mas sinceramente, tenho expectativas bem melhores do que as que eu tinha com o Dimas Fonseca (quem não tem?!).

 A equipe, que estava desacreditada quando fecharam o plantel pra temporada, já apresenta bons resultados e acredito que possa evoluir muito. Mas bate em um “porém”. A equipe não possui um esquema tático organizado, passados 3 meses desde o início da pré-temporada. O Vagner Mancini pode até ter conseguido 6 vitórias consecutivas, mas ainda não me passa a confiança que possa ser o treinador ideal. Todas as vitórias que conquistamos até agora vieram de talentos individuas que sobressaíram: um dia do Wellington Paulista, outro do Anselmo Ramon, aí vem o Wallyson, outro tantos do Montillo, outro do Walter… mas não se vê um trabalho em equipe com excelência.

 Domingo na Arena, presenciei um time no qual um zagueiro muitas vezes levava a bola para o ataque e o volante Rudnei ficava na banheira esperando a bola chegar, sem contar na ligação entre a zaga e o meio campo que a bola custava a chegar redonda. Eu estou confiando que nesse time tenha peças boas individuais, mas ainda não creio muito no trabalho em equipe, problema que passa por uma peça fundamental: o técnico. Sem contar que ainda precisamos de um bom volante e de um lateral esquerdo.

 E aproveitando esse meu texto sobre o “balanço dos primeiros três meses de 2012” quero dar meus parabéns ao marketing do clube, há muito tempo não se via um trabalho tão bem feito como nessa apresentação do uniforme de 2012. Tanto o uniforme, quanto a estrutura, o vídeo, a locação, foi tudo nota 10 para uma simples leiga no assunto. Só faltou a transmissão ao vivo da TV Cruzeiro, mas isso pode deixar pro ano que vem.

 E ai, o que estão achando do Cruzeiro até agora?

Siga a bloguerreira no twitter @LucianaBois

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s