LA’11 Cruzeiro 0 x 0 Tolima

Só um “São Fábio” pra enfrentar um bicho papão!

É pessoal… jogo ruim do caramba!

O Tolima se mostrou que não é nem bom, nem ruim… mas é chato pra caramba mesmo!

Eles sabem se posicionar certinho, aproveitar bem os espaços (principalmente pela esquerda em que se abriu uma avenida), só que eles possuem um Wellington Paulista no ataque também.

No primeiro tempo, o jogo se concentrou no meio-campo e as chances que apareciam eram dificilmente aproveitadas. O Tolima preenchia bem os espaços que eram pra eles concedidos e o Cruzeiro tentava sair para o jogo em jogadas individuais de Roger e Montillo.

Acabou virando um jogo chato, que o Cruzeiro sabia jogar, mas o posicionamento do Tolima não deixava e eles não sabiam aproveitar quando tinha espaço. Logo…

O melhor lance foi o chute de Roger de fora da área em que pegou de primeira uma bola deixada por Wallyson. O goleiro defendeu, o que seria um golaço, e cedeu o escanteio para os celestes.

Já no começo segundo tempo, houve poucas alterações e continuou quase a mesma coisa. Mas quando finalmente Cuca decidiu colocar 11 em campo, a coisa melhorou um pouco. Thiago Ribeiro entrou no lugar de Wellington Paulista.

Thiago deu maior movimentação, deu bons passes para Wallyson e quase conseguiu colocar para dentro um chute de fora da área com uma curva linda, mas o goleiro adversário foi teimoso e defendeu. Mas não foi o suficiente para abrir o placar…

Roger saiu mancando cedendo seu lugar a Dudu, que pareceu um pouco nervoso a campo.

Chegando perto do final do jogo, um pênalti (que confesso que não vi tanto pênalti assim, mas mais teatro do adversário) marcado para o Tolima. Mas antes de ir para o fundo das redes, bom que o adversário saiba que temos uma muralha em cima da linha! E lá foi São Fábio, caindo para seu lado direito e defendendo, de uma forma espetacular (como diria o Alberto Rodrigues) o nosso pontinho fora de casa.

Além de Fábio, destaque aos nossos zagueiros. Victorino só confirmou que é um grande zagueiro e Gil mostrou que aquele velho Gil dos anos anteriores está sendo deixado pra trás.

O importante agora é que não perdemos para o segundo colocado da nossa chave, somos líderes, invictos. Com a vitória no próximo jogo praticamente poderemos garantir nossa classificação.

O próximo jogo será contra o próprio chato Tolima, mas na Arena do Jacaré. Que façamos o fator casa jogar muito a nosso favor.

Mas esperamos que o Cruzeiro não faça mais jogos ruins para os admiradores do bom futebol, mas se for assim mesmo… ao menos garanta um resultado não prejudicial.

Nota ruim que ao final do jogo recebemos a notícia que a mãe de Roger havia sido baleada no Rio de Janeiro em uma tentativa de assalto. Força ao Roger!

Segue abaixo os melhores momentos do jogo:

Luciana