LA’11 Cruzeiro 2 x 0 Guaraní-PAR

Jogo chato!

Se posso definir o jogo do Cruzeiro contra o Guarani em uma só palavra, definiria como chato. Quem esperou ver um grande jogo, de belas jogadas, do melhor time brasileiro na Libertadores, não encontrou nada  mais do que alguns poucos bons lances e muita, mas muita má vontade.

O time paraguaio pedia simplesmente pra tomar gol. Estava totalmente perdido em sua marcação, abria espaço e facilitava cada vez mais a meta para a equipe celeste. Mas o Cruzeiro nem se importava com isso. Eram lances desastrosos, erros de passes grotescos para ambos os lados. Nem parecia Libertadores. Particularmente falando, foi o pior jogo do Cruzeiro neste ano, ganhou até de alguns do Campeonato Mineiro, nunca vi tanta indolência num jogo só.

Apesar de todos os pesares, o Cruzeiro nunca deixou de ser o mesmo, e mesmo com um jogo feio, e chato de se ver, abriu o placar no primeiro tempo com uma bela jogada de Roger, que passou nos pés de Wallyson, Montillo, finalizando com Thiago Ribeiro.

No segundo tempo, com as mudanças de quase sempre, o time brasileiro foi levando o jogo na “maciota”, só nos toques de bola, como no primeiro tempo, sem nenhuma vontade. Contou com a sorte, e com a incompetência do time adversário, que mesmo com toda falta de disposição da equipe celeste, só trouxe perigo de gol três vezes.

Faltando poucos minutos para o término do jogo, Ortigoza entrou e marcou o seu. Mais uma vez, destaque para ele, que mostrou que tem aproveitado bem as oportunidades, do jeito que a torcida gosta. Também não podia deixar de ressaltar, é claro, toda ruindade do Wellington Paulista. Quem é o louco que ainda acha que aquele cara serve para o Cruzeiro? E não venha com esses papos de “ele serve para segurar marcação”, então coloca outro jogador para segurar, até um cone segura melhor. Ah! Estou mais aliviada.

O Cruzeiro lidera o grupo com 13 pontos, e encara o seu próximo adversário na Argentina, no dia 13 de abril, contra o Estudiantes. Esse sim, com certeza, será um jogão!

Roberta

Anúncios

LA’11 Cruzeiro x Guaraní-PAR

O Cruzeiro encara hoje o Guaraní-PAR em busca da primeira vitória fora de casa na Libertadores, e querendo aumentar a vantagem no saldo de gols diante do adversário que menos goleou.

O Guaraní não almeja mais nada na competição, já que matematicamente não conseguirá a classificação, por isso cogitasse que o time paraguaio irá a campo com alguns reservas para poupar seus principais competidores para o campeonato local.

O esquadrão celeste, que tem nada a ver com isso, vai a campo para concretizar a sua classificação, que dependendo dos resultados, consolidará uma das primeiras colocações na classificação geral da fase de grupos, podendo levar vantagem (teórica) até o fim da competição na fase de mata-mata.

O Cruzeiro lançara a campo seus melhores jogadores, inclusive com Victorino e Henrique que estavam servindo à seleção do Uruguai e do Brasil, respectivamente. E em destaque o ataque que irá com dois velocistas – Thiago Ribeiro e Wallyson – deixando Wellington Paulista mais uma vez no banco.

Já comentei isso e repito: apesar dos nossos dois velocistas estarem vivendo um ótimo momento, acho arriscado ir a campo sem um centroavante de ofício. Wellington Paulista está intragável com seu futebol, mas apostaria em outro atacante de área, nesse momento, seria Ortigoza – já que Farías nem tem voz mais.

O Cruzeiro vai a campo com Fábio; Pablo, Gil, Victorino e Gilberto; Henrique, Marquinhos Paraná, Roger e Montillo; Wallyson e Thiago Ribeiro

E o Tolima provavelmente com Pablo Aurrecochea (Joel Silva); Filippini, Federico Carballo, Ithurralde e Elvis Marecos; Cristian Sosa, Hobecker, Paniagua e Mendoza; Benítez e Luis Ovelar (Fabio Escobar).

Simbora Cruzeiro!

Luciana

Libertadores’11 – Cruzeiro x Guarani-PAR

Hoje tem Cruzeiro! Nosso clube amado tentará dar mais um passo positivo nessa importante competição, que todo cruzeirense simplesmente adora!

Vindo de uma vitória convincente e empolgante sobre as famosas franguinhas argentinas, nosso time azul será muito mais visado, observado, marcado… Fiquemos alertas, então!

Cuca não poderá contar com Gilberto, que tem tendinite, e assim sendo, a escalação do último jogo não se repetirá. Pablo voltará à LE, e Diego Renan jogará na LD, que é, na realidade, sua posição de origem. O restante do time deverá permanecer sem alterações: Fábio, Diego Renan, o ótimo Victorino, Gil e Pablo; Paraná, Henrique, Roger e Montillo; Wallysson e o intocável WP…

Do Guarani pouco posso falar, já que eles, além de não serem mesmo muito conhecidos, fizeram treino secreto na “cidade do galo de Vespasiano”, o que, para mim, já garante a eles uma boa dose da zica preto e branca… rsrsrs. Provavelmente, o time será o mesmo da derrota para o Tolima na semana passada, e creio que virão retrancados, jogando nos contra-ataques, visando, num primeiro momento, um empate, o que para eles seria um bom resultado.

Espero que nessa noite a China Azul faça a sua parte assim como no jogo anterior, e se torne digna de mais elogios, como os que foram feitos pelo técnico Cuca. Afinal, nós amamos a Libertadores, e sabemos jogar com nossos guerreiros como ninguém. Quem intimidou Verón e seus comandados, pode tudo!

Que venha uma vitória, seja ela de 1 ou de 5 gols. O que importa é garantir mais 3 preciosos pontos, e depois jogar fora de casa com muito mais tranquilidade!

“Vamos, Vamos vamos, Cruzeiro,

Cruzeiro guerreiro,

Cruzeiro, meu amooooor!”

Abraços Azuis!

Simone