Raposa rumo ao topo!

Ultrapassando….

Ontem no Parque do Sábia, mais uma grande vitória por 1×0 do Cruzeiro sobre o atual campeão das Américas, Internacional. Como o importante são os 3 pontos, o Cruzeiro jogou muito no primeiro tempo e um golaço do Everton com um cruzamento de trivela perfeito do lateral Jonathan logo aos 14 minutos de jogo nos deu a vitória.

O lateral Diego Renan foi uma outra grata surpresa no jogo da noite de ontem. Não errou passes bobos e a sua marcação estava boa, e com presença na assistência ao ataque. Outra grande presença em campo e o “garoto do placar da rodada” foi o Everton, como jogou o menino do Cuca! E que golaço! E claro, se vale parabéns ao Everton, temos que dividir o bolo com o Jonathan, que além de jogar bem, fez um cruzamento perfeito de trivela para o arremate de primeira do camisa sete.

Durante o primeiro tempo, o Cruzeiro continuou sendo superior e assustando a meta do goleiro Renan. A articulação na armação, mesmo sem o Montillo, se deu bem com o Roger… mesmo sabendo que uma hora o gás do camisa 10 acabaria. Mas não foi mais possível balançar a rede.

Já no segundo tempo, o Cruzeiro preocupou-se em manter o resultado. Era de se esperar que o Roger, único armador disponível para o jogo, não aguentaria os 90 minutos. Cuca colocou o jogador Pablo no lugar do camisa 10, que tentou fazer a armação, mas ficou meio perdido em campo. O domínio de bola foi maior para o lado colorado, mas que de nada adiantou, já que não criaram nenhuma chance clara de gol.

Não quero nem comentar sobre a arbitragem, que foi medonha para ambos os lados, mas o placar foi justo e honrou o time que mais demonstrou raça em campo.

Temos vários desfalques para o próximo jogo: Montillo, Wellington Paulista, Everton, Fabrício, Gilberto e, se tudo der errado, também o Thiago Ribeiro… Mas temos um bom e grande elenco, que acredito que darão conta do recado. Quem sabe o argentino Sebastián Prediger faça sua estréia domingo na ressacada?

Depois de ontem podemos ter esperanças de alcançar o topo da tabela e conquistar o brasileiro no fim do ano, que raça e futebol sabemos que o Cruzeiro tem e isso NÃO é sonhar demais, ao contrário, é uma possibilidade bem real.

Eu espero que os jogos continuem no Parque do Sabiá, mesmo que signifique que eu fique por, no mínimo, 6 meses sem a mordomia de ter um jogo perto de BH. Me preocupo com o Cruzeiro, com a qualidade do futebol e em conquistar o título.

twitter.com/LucianaBois

Este é o Cruzeiro que eu gosto!

Apesar de que ainda faltam muitas coisas, como por exemplo, um ataque mais eficiente, mas eu já pude ver uma grande evolução no time celeste no comando do técnico Cuca. O início do jogo contra o Internacional só deu Cruzeiro, este que adiantou a marcação e soube se sair muito bem. Aos 14 minutos o lateral celeste Jonathan meteu aquela trivela certeira para o Everton que de primeira fez um belo gol, sem chances nenhuma para o goleiro colorado Renan. A marcação do Cruzeiro continuara firme, dando nenhuma chance pro time colorado chegar ao ataque. E assim foi até o inicio do segundo tempo, o Cruzeiro sempre com uma boa marcação e o Internacional sem criatividade para se chegar ao gol, aliás, sem criatividade não. A marcação do Cruzeiro estava tão boa que não havia espaços para o time do Inter. Só que aos poucos o Cruzeiro foi perdendo o gás, e o Inter começou a pressionar para ver se saira pelo menos com um empate, mas errando nos passes finais sua meta não aconteceu, o time da Raposa venceu com apenas um gol, este um espetáculo e com a cara no G4.

twitter.com/RobertaVieiraM

Anúncios

Duelo de Gigantes

Cruzeiro x Internacional - 20ª rodada do Campeonato Brasileiro

Em Uberlândia, teremos mais um grande duelo entre Cruzeiro e Internacional. Dois clubes que, atualmente, ditam as regras em seus estados.

Mais uma oportunidade de alcançar o G4 bate a porta e temos que ter educação de aceitá-la, vencer a primeira rodada do returno sobre o Internacional e entrar na zona que leva para a Libertadores, dá moral para qualquer equipe que almeja o título.

Parafraseando o Gil, temos que pensar que neste returno cada jogo é uma decisão a mais a ser enfrentada para nossa ascensão e não há campeão da Libertadores que possa dizer o contrário.

O Cruzeiro não contará com o zagueiro Edcarlos, suspenso pelo terceiro cartão amarelo; e há dúvida se o Montillo e o atacante Wellington Paulista poderão atuar. Mas todo pensamento positivo para que nosso camisa 10 se recupere a tempo, apesar que se o Roger manter a excelente atuação de domingo, sentiremos menos falta do Montillo, caso contrário… O Wellington Paulista mereceria um castigo pela atuação contra o Palmeiras, mas tudo bem se ele recuperar e aproveitar uma nova chance jogando como nunca.

Se não recuperarem a tempo, o possível Cruzeiro no 4-4-2 será: Fábio, Jonathan, Léo, Gil e Diego Renan; Paraná, Henrique, Everton (Fabinho) e Roger; Farias e Thiago Ribeiro.


O Internacional tem suspenso o zagueiro Índio, também pelo terceiro cartão amarelo, e os desfalques do meia D’Alessandro (convocado para a seleção argentina) e o velho conhecido pela nação azul, o atacante Alecsandro (lesionado).

Como os dois clubes possuem a mesma pontuação, a vitória será importante nesse duelo de “6 pontos” na corrida pelo título. Sem contar que o Inter está com um jogo a menos que nosso esquadrão Celeste, assim a vitória nesse jogo se torna mais que necessária.

Recordar é viver

Na 18ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2008, o Cruzeiro venceu o Internacional dentro do Mineirão por 2×0 em um jogo muito duro. Fábio catou um pênalti do atual atacante do Villarreal da Espanha, um tal de Nilmar…

Esse foi apenas o terceiro pênalti defendido pelo Fábio no Cruzeiro, hoje já são 10. Alguém ainda tem dúvidas sobre quem é o melhor goleiro do Brasil atualmente?!

Palpite


Cruzeiro 1×0 Internacional (Pra não fugir da regra dos placares de vitórias em casa)