BR’10 Cruzeiro 1 x 4 Santos

É… um tropeço em um grande obstáculo. (Por @LucianaBois)

Futebol é isso. Estamos sujeitos a todos os resultados, não tem como ser invencível (mesmo que esse seja o sonho de todos os torcedores) ou não teria emoção. E disso que vem a graça da coisa!

O Cruzeiro ontem jogou contra uma grande equipe e fora de casa, não podemos considerar anormal a derrota, mesmo que o placar elástico mascare (e muito) o que realmente foi o jogo.

O primeiro tempo foi de domínio cruzeirense, mas com erros de passes para ambos os lados. Novamente, a arbitragem apareceu, anulando (de maneira INCORRETA) o gol do argentino Farías que nos darIA a vitória parcial do jogo, que poderIA mudar toda a história do jogo. Mas não adianta chorar sobre o leite derramado…

As alterações de Cuca no segundo tempo surtiram efeito contrário do esperado para o time. Diego Renan vinha fazendo uma grande apresentação e colocar Robert em seu lugar foi um erro terrível. Tirar um defensor e colocar um atacante é uma boa atitude quando se está com um jogador a mais e precisando fazer gols, mas quando o atacante em questão é o Robert, é melhor deixar como estava. Se fosse eu no lugar de Cuca, optaria por Wallyson, que pode até não ser um grande atacante, mas é visível que a cada jogo vem melhorando a sua atuação.

Roger se bem que entrou, mas nem vi ele pegando na bola. Elicarlos também, mas nem sabia que ainda estava no Cruzeiro e pra que tinha que relembrar isso ontem, ein?!

Mas perdendo e com um a mais, o Cruzeiro teve que ir pra cima… mas o Santos sabe jogar no contra-ataque e, consequentemente, 4×1. Caçapão jogou muito ontem! E sou fã declarada do cara! Pra mim, a zaga titular é Léo e Caçapa fácil!!!

Agora é ir pra cima do Atlético-GO! Que o topo ainda nos espera!

Lembrete aos rivais:

Atético-Go 3×1 Corinthians
Atlético-GO 2×1 Fluminense
Santos 4×1 Cruzeiro
Goiás 4×1 Botafogo
Vitória 4×2 Santos

Isso se chama “futebol”, os grandes tropeçam com as derrotas.. e os pequenos se surpreendem na vitória.
Anúncios