CM’11 Cruzeiro 1 x 0 Villa Nova

O Cruzeiro entrou em campo neste domingo em Nova Lima com a tarefa de trazer para casa os três pontos. Quando se trata de Campeonato Mineiro, a obrigação de sempre é confirmar a sua superioridade em Minas.

Mas o Campeonato Mineiro também é a oportunidade para os times de menor expressão do estado aproveitarem a visibilidade de poder competir com grandes equipes e aproveitarem a vitrine para os outros times do país. E assim, o Villa Nova se mostrou como grande adversário…

A péssima qualidade do campo e suas pequenas dimensões atrapalharam o Cruzeiro de mostrar o seu futebol e a raça apresentada pelo adversário fez com que o jogo não fosse “simples assim”.

No primeiro minuto, o Cruzeiro quase abriu o placar com Thiago Ribeiro, mas Carciano tirou em cima da linha.

Até os 20 minutos, o Villa Nova usou o fator de ser mandante para pressionar a defesa celeste com as investidas de Allan e Radar, mas Gil e Leo estavam bem lá atrás e tiveram uma atuação excelente na partida, além do goleiro Fábio que se manteve seguro enquanto era acionado.

O Cruzeiro quase abriu o placar com Thiago Ribeiro novamente aos 21 minutos e com um corta luz sem aproveitamento do Henrique. Ambos fizeram um bom jogo também.

Montillo e Gilberto foram excessivamente marcados, mas ainda assim o argentino conseguiu buscar espaços e quase abriu o placar se não fosse a grande defesa do goleiro Vagner que, aliás, foi o grande destaque da partida.

Vagner também fez outra grande defesa a queima roupa nos minutos finais em um chute de Wellington Paulista.

No segundo tempo, o Villa Nova apareceu mais no ataque que a equipe celeste, obrigando Fábio aparecer mais que o goleiro Vagner, o qual fez seu nome no primeiro tempo.

André Dias estreou com a camisa celeste entrando no lugar de Pablo, que fez uma partida fraca e quase comprometeu Fábio em um recuo mal feito. Wallyson e Dudu entraram nos lugares de Thiago Ribeiro e Wellington Paulista, respectivamente.

As mudanças de Cuca, apesar de tardias, surtiram bons efeitos. Dudu levou a falta que ocasionou a expulsão de Carciano; Wallyson fez belas jogadas, entre as quais teve a assistência para o gol do estreante André Dias.

Leandro Guerreiro foi tímido. Ainda é óbvia – e esperada – a necessidade de entrosamento com o resto do grupo.

Ainda estamos em clima de aquecimento pra temporada, mas o Cruzeiro mostrou que temos elenco. Sábado temos o clássico e quarta feira o grande teste inicial da temporada.

Simbora Cruzeiro!

Luciana

Fotos: Vipcomm

Anúncios

Mineiro’11 – Cruzeiro x Villa Nova

O Maior de MG volta a campo hoje contra o ‘Leão’ de Nova Lima pela 2ª rodada do Campeonato Mineiro. Uma peculiaridade é a presença de, Wilson Gotardo, um dos personagens importantes na conquista da Libertadores em 1997, no comando na equipe adversária. Do lado Celeste, a novidade é a estreia de Leandro Guerreiro, que entra no meio e Pablo ocupará a posição a lateral direita. André Dias está relacionado e é uma opção para o ataque.

A torcida Celeste que comparecer ao Alçapão do Bonfim também presenciará a apresentação oficial do recém-chegado xerife da zaga Cruzeirense, Maurício Victorino.

Voltando às quatro linhas, o jogo entre Villa Nova e Cruzeiro promete ser truncado. O retrospecto entre os dois times é de muita rivalidade, e no estádio Castor Cifuentes, foram 25 vitórias do Maior de MG contra 24 vitórias do Villa Nova, e 24 empates. No último confronto, pelo Mineiro de 2010, o Cruzeiro garantiu uma vitória por 4×2.

Uma vitória é essencial para manter a regularidade e preparar o time para a estreia na Libertadores, no próximo dia 16, contra o Estudiantes, na Arena do Jacaré.

Vamos Cruzeiro!

O Cruzeiro vai a campo com: Fábio; Pablo, Gil, Léo e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Henrique, Gilberto e Montillo; Wellington Paulista e Thiago Ribeiro.

Banco: Rafael, Rômulo, Edcarlos, Pedro Ken, Dudu, Wallyson e André Dias.

Lílian